– Amor, posso te perguntar uma coisa?

– Depende, Marina. Se a gente for brigar, é melhor não.

– Não… Prometo que a gente não vai brigar… se você responder com sinceridade, né?

– Ok, pode perguntar. Eu prometo ser sincero.

– Tá. A pergunta é simples. Você tem tesão nas minhas amigas?

– Não. Não. Tesão pelas suas amigas? Não mesmo.

– Você tá dizendo a verdade, amor?

– Claro, Marina, estou sendo super sincero.

– Nem na Luana você tem tesão?

– Quem é a Luana mesmo? É aquela sua amiga loirinha, de peito empinado, marquinhas de biquíni, com uma bunda redondinha e uma tatuagem sexy no tornozelo?

– Essa mesmo.

– Olha, tô nem aí pra ela.

– Ufa, que bom. Assim você me deixa aliviada. Quer dizer que você só sente tesão por mim, amor?

– Eu não disse isso…

– Mas se você não tem tesão pelas minhas amigas, ué, você tem por quem? Pelas suas?

– Nada a ver.

– Por quem então?

– Deixa pra lá.

– Já sei, você sente tesão pela minha irmã, né?

– Não.

– Não mente, Rodrigo.

– Não tô mentindo.

– Então, me responde.

– Pela sua mãe.

– Pela minha mãe? Você tá louco?

– Que louco o quê? A Dona Monique é maior enxuta, ela é bem gosto…

– Seu mentiroso…

– Olha, Marina, você prometeu não brigar se eu fosse sincero.

– Mas você foi sincero?

– Fui.

– Sincero uma ova! Que dizer que você não tem tesão pelas minhas amigas? E minha mãe é o quê? Vai dizer que a minha mãe não é minha amiga? Seu mentiroso safado!

Anúncios