Busca

Raul Otuzi

ideias que inspiram

mês

setembro 2015

Anúncios da Sin Comunicação para Sintur-JP

2_maquiagem_aotw1_redes_sociais_aotw_0

Anúncios minimalistas para maior prudência ao dirigir.

Conceito: “No trânsito, qualquer distração pode ser fatal.”

Anúncios

Taxistas Palestrantes da Ogilvy Latina Sur para TED

Campanha criada para a conferência TED. 50 motoristas de táxis foram convidados a “palestrar” para seus passageiros. Inspirados por seis horas de “ideias que valem a pena ser compartilhadas”, eles contavam aos seus passageiros sobre as palestras que assistiram no TED.

Titanium Cannes 2015 – Ogilvy Latina Sur para Cerveja Salta

“Diente Destapador” (Dente Abridor de Garrafa)  foi criada sob o conceito “Eles perderam um dente, nós lhe devolvemos algo muito melhor.”

Segundo Diego Turdera, produtor executivo da Huinca Cine, o grande desafio foi “conseguir que um mecânico dental desenhasse um dente-ferramenta com uma função mecânica exclusiva, encontrar jogadores de rugby sem um dente, achar um dentista que aceitasse o desafio de realizar um implante de um dente de titânio e filmar tudo de maneira bem interessante.” Deu certo.

Novo Posicionamento do Johnny Walker

Sempre considerei o posicionamento do Johnny Walker brilhante, mas eles acabam de mudar. Uma pena, ao meu ver.

O artigo abaixo, publicado no https://grupodeplanejamentotemp.wordpress.com/ expõe com clareza o que penso.

KEEP WALKING SEM LENÇO NEM DOCUMENTO?

Por Jurandir Craveiro (*)

Nova campanha global da Johnny Walker embarca na onda da Alegria, Alegria, que no Brasil virou otimismo. Boa hora para incensar o otimismo no país. Ou não?

A nova estratégia muda o sentido da assinatura Keep Walking, uma das mais icônicas e bem sucedidas da propaganda, desde que foi criada pela BBH em 1999.

Agência global da Johnny Walker desde o ano passado, a Anomaly meteu esta frase à frente: Joy Will Take You Further.  –  “A alegria te levará mais longe.”

No Brasil, se traduziu para “O otimismo te leva mais longe”. Liberdade publicitária, nada literal, mas aceitável. Não é só a tradução que me incomoda. Penso que o equívoco está na origem.

Mais do que uma assinatura ou tagline, Keep Walking é uma tremenda branding idea – uma “ideia construtora da marca”. Nutriu grandes ideias execucionais para Johnny Walker nos últimos 15 anos e fortaleceu a marca.

Escrevi, na semana passada, sobre essa capacidade das “ideias marcantes” de inspirar execuções brilhantes ao longo do tempo, que se tornam indeléveis na história da marca. Citei Think different, da Apple, Just Do It, da Nike, e a mais recente, Made of More, da Guinness.

A Diageo parece buscar um rejuvenescimento da marca que a faria atrair um consumidor mais jovem do que o atual. Troca a mensagem histórica de que  “o trabalho árduo e a perseverança levam a se caminhar para a frente na vida”, pela noção de que a alegria é que é fundamental para se progredir na vida.

É a maior campanha global da história da marca, entrando simultaneamente no ar em mais de 50 países. Deve atingir 270 milhões de pessoas. O significado mundial da marca passa a ser a alegria, a felicidade, o bom astral, o pique pra cima. E, no Brasil, o otimismo.

Em declaração ao AdAge, o diretor global da marca, Guy Escolme, não poderia ser mais explícito: “A nova campanha quer passar a ideia de que “partindo-se de uma posição de felicidade, otimismo e alegria, se aceleram o progresso e o sucesso na vida.”

Será que a categoria dos whiskies comporta essa linguagem quase cervejeira, meio festeira, ainda que sem os ranços da balada e da multidão? Vejo nessa campanha até lances dos velhos filmes dos cigarros Hollywood, modernizados.

Parece se aproximar do clima de campanhas como as da Heineken e até da Skol. Sem contar que a Brahma recentemente lançou uma campanha que enfoca o otimismo: “Todo Dia é Ano Novo“.

Ou seria uma versão hard das campanhas de Open Happiness e  Choose Happiness da Coca-Cola? Só falta Johnnie Walker comprar os direitos de “Alegria, Alegria”, do Caetano. Brincadeira minha!

A Diageo quer reanimar as vendas de Johnnie Walker que caíram no mundo todo. 2015 está quase acabando e o desempenho no ano é pífio. A esperança são os mercados emergentes como o Brasil e a Índia.

Quem toma Johnny Walker entre nós é majoritariamente o homem maduro da classe alta. Daí para mais velhos. O ator Jude Law o personifica e rejuvenesce.

As outras celebridades do elenco também, como o piloto de Fórmula 1 Jenson Button, a atriz Zhao Wei, a modelo mexicana Montserrat Oliver, a banda Ok Go e a engenheira sueca Eva Hakansson que construiu a moto ElectroCat.

Foram escolhidas porque “compartilham a visão da marca de que a felicidade na vida é combustível para o sucesso.” Isso será suficiente?

Keep Walking não é mais o mesmo. Temo que isso vá destruir o que a marca conseguiu construir até hoje e que não é pouco: segundo o Impact Databank de 2015, Johnny Walker é a marca de aguardente mais valiosa do mundo.

Espero estar enganado, pois o Johnny Walker Black é também a minha marca de whisky favorita, disparada à frente das demais.

Anúncios da TBWA\Santiago Mangada Puno para Nissan

drinks_print_cola_aotw drinks_print_icedtea_aotw drinks_print_soda_aotw

Escolha a segurança.

Ouro no Festival do Clube de Criação – estudantes

Maquininha_final_960

OURO – Máquina de Cartão Embaralhada
Estudantes: Kayran Moroni e Will Santos
Professor: Luis Paulo Gatti
Escola: Cuca – Escola de Criativos

O BRIEFING

Objetivo da Campanha:

Se Beber não Dirija. O principal objetivo dessa campanha é conscientizar o público de Jameson para o consumo responsável.

Target:

– Homens e Mulheres de 25 a 35 anos; – Classe AB; – Residentes em centros urbanos (foco em São Paulo); – Valorizam iniciativas urbanas, projetos e produtos locais; – Possuem atitude e personalidade marcante; – Apreciam atividades culturais e sociais.

O que devemos comunicar:   

Criar uma alternativa de consumo consciente para os apreciadores de Jameson.

Quais resultados esperados: 

Associar a marca Jameson ao consumo consciente sem privar o usuário do prazer e da qualidade do produto.

O que deve ser criado: 

– Criar experiência ou ativação da marca em qualquer meio ou plataforma, mostrando as vantagens do consumo consciente e associar a marca Jameson a esse objetivo, sem perder a irreverência característica da marca.

Importante: A solução é livre, podendo ser uma campanha impressa, um anúncio isolado, uma ação integrada, um aplicativo, uma plataforma digital, um roteiro de rádio ou TV, um storyboard, um shooting board etc.

Prata no Festival do Clube de Criação – estudantes

Valor Líquido

PRATA – Valor (alcoólico) líquido
Estudantes: Camilla Ciappina de Souza e Luan César Dias de Almeida
Professor: Toni Rodrigues
Escola: Miami Ad School/ESPM

Bronze no Festival do Clube de Criação – estudantes

Taxi_de_carros_final_960

BRONZE – Táxi de Carros Jameson
Estudantes: Kayran Moroni e Will Santos
Professor: Luis Paulo Gatti
Escola: Cuca – Escola de Criativos

Festival do Clube de Criação – categoria estudantes

Unsafe_Mixes-2_670

ANUÁRIO – Unsafe Mixes
Estudantes: Ivan Bormaister e Everton de Andrade
Professor: Luis Paulo Gatti
Escola: Cuca – Escola de Criativos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑